10 julho 2010

A VOLTA POR CIMA...

Graziela estava muito pensativa... Augusto havia terminado com ela por um motivo fútil e agora ela estava em casa, conjecturando o porquê dele e mil pensamentos passaram pela sua cabeça. Ela dissipou todos eles, com um aceno de cabeça. Não! Ele não faria aquilo com ela! 
De repente o telefone tocou:
_ Grazi?
_ Oi Carlinha! Você sumiu, menina!
_ O Guto tá aqui em casa. Falou que terminou com você, é verdade?
_ Sim... Por quê? 
_ Ah! Eu queria só saber por desencargo de consciência, afinal você é uma amigona, ?
_ Uai! Essa história está muito estranha! Você some e de repente do nada liga para mim e me pergunta do Guto? Não estou entendendo nada...
_ Olha, não me leve a mal! Sempre tive uma queda por ele, mas vocês estavam namorando... Então não tentei nada. Mas já que vocês terminaram... Posso investir nele... Não tem nada demais... Ou tem?
_ ... Click.
Agora Graziela entendia o "motivo fútil" do Augusto para terminar com ela! O motivo se chamava "Carlinha"...
isso não ia ficar assim...

(Continuem a partir desse ponto. Vamos fazer essa história ter um final feliz ou trágico? - vocês é que mandam!)
Como ninguém quis terminar a história, eu mesma a termino...


Carlinha sentiu uma ponta de tristeza na voz de Grazi, mas ela logo pensou naquele homem maravilhoso que estava ali, na sala de sua casa, esperando para dar-lhe uns amassos.
Saiu do quarto e dirigiu-se para a sala... Nesse momento ouviu a porta da frente bater com estrondo:
_ Guto! Onde você vai com tanta pressa? Nem demos um único beijo! Volte gatinho!
_ Volto depois Carlinha, quando você crescer mais! Não precisa pedir permissão para a Grazi para ficarmos juntos - gritou Guto da rua. Não somos mais namorados!
_ Ah! Ela é minha amiga... Queria ter certeza de que vocês não tinham mais nada!
_ Então agora você já sabe! Mas agora está também na minha hora... Pego as três no serviço. Passo aqui a noite para irmos para a danceteria. Quero me divertir...
_ Ok. Vou ficar esperando...
Enquanto isso Grazi em casa, imaginava um jeito de ter Guto de volta como namorado... "Hummm... pelo que conheço dele, vai querer logo ir para a "night" se divertir. Com certeza vai à danceteria com a Carlinha a noite. Vou dar um jeito de estar lá, deslumbrante... Não sei como o Guto pode gostar daquela garota! Tão desenxabida!"
O dia passou voando e de noite, enquanto Carlinha caprichava no visual para encontrar com Guto; Grazi ligou para Manoel:
_ Oi Manoel! Vamos sair hoje? Eu queria muito ir a danceteria com você!
_ Oi Grazi! Danceteria hoje? Uma boa pedida! Mas o que aconteceu com o Guto? Vocês terminaram?
_ Ele terminou comigo para ficar com a Carlinha!
_ Carlinha? Justo ela? Acho aquela garota tão sem sal!
_ É! Eu também! Mas fazer o quê?
_ Ah! Vamos sim! Passo aí daqui a 20 minutos para te pegar!
_ Ok. Vou ficar te esperando!
... CONTINUA

04 julho 2010

CHEGA DE BULLYING

Participando desta blogagem com um depoimento: JÁ FUI VÍTIMA DE BULLYING NA MINHA ADOLESCÊNCIA!
E confesso é muito, muito ruim...
Eu era muito tímida, muito gordinha e muito branquinha.
Tinha medo de tudo e estudava em colégio de freiras.
Resultado: todos os meninos do colégio mexiam comigo!
Meu apelido no colégio era Saracura - que eu odiava e por isso o apelido pegou!
Na rua onde eu moro até hoje eu tinha outro apelido: Macarrão de Hospital por ser bem branquinha!
Também odiava este apelido!
Só que nesse tempo, não sabia que essas agressões tinham o nome bullying e era muito comum no colégio!
Essa é a minha contribuição para um assunto tão polêmico e precisa ser melhor divulgado!
Aliás, deve ser banido das escolas!

Este depoimento faz parte da Blogagem Coletiva do Mãe é tudo igual!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...