17 junho 2009

LEITURA - VOCÊ APRENDE DESDE PEQUENO


Vou falar hoje sobre um assunto meio suspeito e que eu adoro - a leitura. Ela deve começar dentro de casa, com o incentivo dos pais. Eles devem oferecer a criança vários tipos de textos: jornais, revistas, quadrinhos, charges, contos, crônicas, figuras, rótulos,etc. Para que a criança se sinta estimulada a aprender. A gostar da leitura.
Ao entrar na escola, ela terá além do estímulo de casa, o professor e também os coleguinhas. A sala de aula deverá ter um "cantinho de leitura" onde a criança encontrará de tudo: quadrinhos, figuras variadas, livros, revistas, rótulos de marcas conhecidas e deverá zelar pelos objetos ali contidos como não rasgar, não rabiscar, não cortar, não sujar e nem levar para casa!
Para tornar a criança uma leitora, este trabalho deve ser estimulado desde a Educação Infantil, para se tornar mais complexo com o decorrer dos anos.
Já nos primeiros anos do Ensino Fundamental, que agora passou a ser denominado "Anos" em lugar de "Séries", a introdução de textos variados é fundamental para que a criança possa compreender que há diferentes tipos de textos. Contos, crônicas, poemas, fábulas, novelas, dramas, clássicos, reportagens, resumos, quadrinhos, charges,etc. Todos os gêneros devem ser mostrados às crianças. Obedecendo é claro, um certo critério em relação a maturidade da criança.
Oferecer textos de qualidade, com coesão e coerência, uma linguagem de fácil compreensão por parte das crianças torna a leitura "uma mágica aventura".
Emília Ferrero, a psicolinguísta argentina e mãe do Construtivismo afirma: " A leitura é um momento mágico, pois o interpretante (o professor) informa a criança, ao efetuar essa ação aparentemente banal, que chamamos de um 'ato de leitura', que essas marcas têm poderes especiais: basta olhá-las para produzir a linguagem."
Traduzindo o que Emília quis dizer: ao ler uma história para a criança, essa história torna-se uma aventura mágica, uma nova descoberta, dependendo de como o professor vai conduzir a narrativa...
Com base em leituras realizadas em sala de aula, o professor vai criando para ele um quadro mental da capacidade de seus alunos. Ao expor para a turma, diferentes leituras de diferentes textos, o professor descobre quais tipos de textos são mais adequados para as turmas as quais ele leciona.
A leitura em conjunto com os estudantes, é fundamental para que ele aprendam a interpretar um texto. A base de todo curso de Português se insere nesse contexto - interpretação - é a partir daí que, se sabe de fato, se os alunos estão assimilando os conteúdos ministrados em sala de aula ou não.
E a Interpretação de Texto, também se torna importante não só em Língua Portuguesa, como no restante das outras matérias. Saber interpretar bem um texto, seja ele qual for, é o primeiro passo para assimilar o conteúdo aprendido.
É de fundamental importância para concursos, vestibulares e afins.
Se o aluno leu determinado tipo de texto e não assimilou bem seu significado, talvez ele não saiba interpretar o que o texto quer passar para ele. O aluno pode até saber o conteúdo da prova, por exemplo, mas se não souber interpretar, tudo pode ir por "água abaixo". Cabe ao professor, incentivar a turma, com o uso de textos que despertem o interesse coletivo.
Incentivar o gosto pela leitura desde a Educação Infantil é um meio para formar "bons leitores" no futuro!


Fonte: www.ne.org.br

Foto: Google


2 comentários:

Sandra disse...

Gostei muito do texto. Até porque já havia pensado em publicar algo dess tipo.
Vejo que a criança tem que começar desde muito cedo a participar desse momento, através de historia contadas, pelos pais, e depois na escola. Pois ela vai se familiarizando com o tema. E principalmente fazer a interpretação do texto, Pedir para a criança contar o que ouvir. Nos trabalhamos com as crianças do pré-escola, hoje primeiro, ano, solicitando que ela leia do seu jeito. Como ela faz: vê as imagens e fala sobre elas. É uma forma da criança começar a dispertar o gosto pela leitura.
Outro dia vi no ônibus, uma mãe lendo para sua filha a historia do livro. Achei maravilhoso. E ela ia perguntando depois o que aconteceu. A criança ia respondendo o que ouviu e aprendeu. É uma excelente forma de manter a criança em contato com os livrosa e a leitura. Aqui nossas sala de aula, tm seu cantinho da leitura desde o maternal. A criança lê do seu jeito para os amiguinhos. É muito legal.
Espero ter contribuido para o seu texto.
Valeu amiga.
Já está no seu email, o selinho das lâmpadas. É só confrir. A do anjo depois eu mando.
Com carinho
Sandra

Elma Carneiro disse...

Acho que a leitura deve ser aplicada e estimulada desde criança. Isso faz parte de sua educação e faz com que ela tenho gosto pela leitura.
Lembro do primeiro livro que lí: Pinóchio, e desde então nunca mais parei de ler.
Você foi ver a Cidade de Pedras, gostou e encontrou algo de misterioso. Realmente aquela região tem algo de misterioso e mágico também.
Veja o Vale da Lua, numa postagem que fiz em 01/02/09, nesse endereço:

http://caliandradocerradogo.blogspot.com/2009/02/vale-da-lua.html

Depois me fale o que achou. Vale apena ver.
Beijos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...