29 abril 2009

MEC DIVULGA AS MELHORES E AS PIORES ESCOLAS DO ENEM

O MEC divulgou as melhores e as piores escolas e suas respectivas médias do ENEM de 2008. A melhor escola foi do Rio de Janeiro com média 80,58 - Colégio São Bento - segundo ano consecutivo (2007 e 2008).
Em segundo lugar, com 77,38 ficou o Colégio Bernoulli de Belo Horizonte, que em 2007 estava em 12º. E em terceiro lugar ficou o COLUNI (Colégio de Aplicação da Universidade Federal de Viçosa - MG) com 76,66.
Como o ENEM não é obrigatório, aquelas escolas que obtiveram o percentual baixo de participação em relação ao número de alunos matriculados, poderiam ficar prejudicadas. Escolas com menos de dez participantes, não obtiveram conceito.
"A divulgação desses resultados é uma prestação de serviço para a população, que consegue saber como está a escola em que o filho estuda". Afirma Reynaldo Fernandes, presidente do Inep.
"Em São Paulo, por exemplo, tem muita escola de nome, mas que, na verdade, tem um desempenho mais baixo do que outras do mesmo padrão. Ou seja, a nota do Enem
serve como um parâmetro para o pai perceber que a escola não está tão boa assim como ele imaginava"
Das 26.665 escolas de Ensino Médio que constam do Censo Escolar, 24,253 tiveram alunos que participaram do Enem no ano passado. Dos 2,9 milhões que fizeram o Enem
em 2008, 69.3% declararam ter cursado o ensino médio em escola pública.
A prova cobrava 63 questões, que avaliavam 18 habilidades e competências, e uma redação. A partir desse ano, o ENEM terá novo formato:200 questões e uma redação.
O MEC propõe ainda que o exame seja adotado pelas universidades federais como seu processo seletivo.
Das 20 escolas com as maiores notas no ENEM, 15 são da rede particular. Entre as públicas, quatro são escolas ligadas a universidades públicas e uma é militar. Por outro lado, todas as 20 piores são estaduais; dessas, oito são indígenas.


Um comentário:

Olavo disse...

Muito bom..
vou procurar saber mais.
Abraços

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...