14 abril 2009

Tertúlia Virtual



PRAZER

Imagino um quarto...
uma cama, muitos travesseiros
uma colcha displicente sobre ela,
pétalas de cor púrpura espalhadas...

Dois corpos... eu e você...
Prazer imenso... gestos carinhosos
Delírio... frenesi... êxtase...

A colcha jaz ao pé da cama...
os travesseiros espalhados pelo chão
as pétalas grudadas em nós...

O quarto rescendendo ao
cheiro do prazer saciado...
A volúpia se reacendendo,
os nossos corpos se incendiando!!!

By Milene Galvão

31 comentários:

€ster disse...

Oi Mylla,

a diversidade de prazeres é infinita,

o prazer quando respaldado pelo amor verdadeiro é perfeito!


bjs,

Mylla Galvão disse...

Ester,
Esta poesia é inspirada em mim mesma, no momento atual pelo qual estou passando, ou seja, uma poesia real!!!
Obrigado pelo comentário!!!
Bjs

Spark disse...

Palavras de eterno prazer…

Gostei imenso. Parabéns!!

Bj

Mylla Galvão disse...

Obrigado Spark!!!
Bjs

Ana Patrícia disse...

O prazer comanda a vida... todos vivemos na busca incessante de prazer...

Belas palavras, gostei muito
Beijos

Luis Bento disse...

imagino...o prazer das palavras

Mylla Galvão disse...

Ana,
O prazer para mim é muito mais que uma busca incessante. É também a minha fonte da felicidade. Não sei viver sem esses dois...
Obrigado pelo comentário!
Bjs

Mylla Galvão disse...

Luis,
A imaginação é algo de que nos dá prazer... seja qual for a imaginação. Obrigado por comentar!
Bjs

EXPRESSODALINHA disse...

Estou quase sentindo... Muito intenso o texto. Obrigado pelo prazer.

Olavo disse...

Ah que belo prazer...
belo momento..
abraço

Sandra disse...

Segui os seus passos. Mas não deu certo. Se eu clicar no selinho, entra novamente na sua pagina.
Um Beijo
Sandra.

marie disse...

Já que seu post é inspirado na sua vida real, que o seu prazer dure longos anos!
Beijinho
Marie

Vanessa disse...

Olá, tb estou na Tertúlia deste mês e vim conferir seu post. Belo texto!

Abraço

Compondo o olhar ... disse...

lindo seu poema... intenso, profundo e singelo... como o próprio prazer!!

bjocas

Susana disse...

Poema intenso e apixonante! Puro prazer para quem o lê!

Susana

Christi... disse...

Gosto dessa liberdade de expôr o prazer dos corpos sem o medo do que digam, sem o receio dos que o bendigam ou não. rs

Lindo poema, palavras que nos fazem querer entrar nos lençóis, muito bom

Bjs, gostei daqui

Chris

Butterfly disse...

Gostei imenso das palavras ! ;)

Bjinhos

Nanda disse...

Boa descrição poética de algo tão furioso!

Também estou participando, abraços!

Mylla Galvão disse...

Agradeço a todos que até agora comentaram o meu poema, Butterfly, Nanda, Christi..., Suzana, Compondo o Olhar, Vanessa, Marie, Olavo e o Expresso da Linha. Obrigado de coração!!!
Bjs a todos!!!

Serena Flor disse...

Estou tendo muito prazer em conhecer novos cantinhos e mais prazer ainda de estar participando desta tertúlia maravilhosa.
Belíssima participação...parabéns!
Beijos.

Fatima Cristina (www.fccdp.com) disse...

Oi Mylla,

Obrigada pela visita através desta Tertúlia e também por ter seguido o Boa Baltazar.

Seu texto descreve uma cena de imenso prazer. Gostei muito.

Um grande abraço,
Fatima

Nana Odara disse...

Olá...
Estou aproveitando a tertulia pra divulgar meu manifesto...
Beijinhos de baunilha...

Manifesto Nana Odara

A Via do Prazer

Declaro
solenemente
à partir de agora
que todos os seres humanos
devem viver unicamente
pelo e para o prazer...
Esse é o meu manifesto
talvez a minha grande contribuição
para a humanidade...
a via do prazer...
Todas as mulheres
tem o direito e a obrigação
de viver em prazer...
até pq a repressão do prazer da mulher
é um dos pilares do patriarcado.
Somente através do seu prazer livre
e irrestrito a mulher pode
ajudar a construir um
novo modelo social
melhor
mais interessante...
Para isso é necessário
cessar já
todas as formas de violência
consentidas ou não
silenciosas ou não
punivéis por lei ou não
todas as formas de violência
contra a mulher
contra todas as mulheres...
O prazer
subjetivo por natureza,
o prazer de cada um,
o prazer de todos...
A um só tempo,
emitido e recebido
sorvido
degustado deliciosamente devorado
doravante
por nós, integrantes desse manifesto,
canibais do prazer,
ou seja la qual for a alcunha
que nos agraciará o futuro...
O Prazer como antídoto social à violência
Todo o prazer
pelo fim de
toda a violência...
Segundo a Dianética,
o Prazer é a força motriz que anula o medo.
Portanto somente através do prazer
podemos anular os efeitos todos
da maior arma patriarcal
fundamentado e sacramentado em medos,
a violência.
E nós, seres humanos,
estamos naturalmente vocacionados
destinados e aptos ao prazer,
o prazer nos guia para a vida,
enquanto todo medo é o medo da morte.
Neste 2009 , divisor de águas,
defina agora, de que lado vc está...
Ou vc alinha comigo
na Via do Prazer...
ou definhará eternamente
nos porões fétidos de um
moribundo patriarcado...
Eu, Nana Odara
instauro a Era do Prazer!
Sigam-me os bons
(de cama, inclusive...)

Mírian Mondon disse...

Belo poema, lindo o que diz lindo o que não diz!
Prazer em conhecer seu blog Mylla!

Abraços

Maria disse...

PRAZER

Que prazer é este estacionado em tua mente,
Que me deixa fincada nessa gazua,
gelada
silenciosa.

OBRIGADA, PELO PRAZER DE ESTAR AQUI.

Jo. disse...

SÓ posso dizer: isso é PRAZER!!!
Também estou participando da tertúlia deste mês. Me visita tá?
Bjim.

luzdeluma disse...

Mylla, certamente um prazer conseguido. Ah, lembrei de Alceu Valença com a música "Como dois animais" - Conhece? Muito bonita! Beijus

Sueli disse...

Mylla, isso é que é prazer, hein? WOW! Difícil encontrar algum maior... Obrigada pelo comentário em meu blog. Mas eu gostaria de esclarecer que quando falei de um prazer pode trazer infelicidade, não estava me referindo a todos, não. Alguns, algumas vezes, impensados incompensáveis prazeres. Mas a felicidade é toda feita de prazer. Abração!

Mylla Galvão disse...

Obrigado pelas carinhosas visitas...Mírian, Maria, Jo, Luz de luma, Serena Flor, Fátima e Nana Odara...
Foi maravilhoso participar do Tertúlia esse mês... Amei os comentários...
bjokas para todos vcs!!!

Eduardo Santos disse...

Olá amiga, permita-me que a trate assim. Seu poema é deveras elucidativo daquilo que dois seres podem sentir no prazer de o viver. Contudo, todos sabemos que há outros prazeres também intensos que não vivemos e gostariamos de viver, e então apenas nos resta o desejo que um dia aconteçam. Tudo de bom para si, querida amiga.

Nade disse...

Olá!
Ontem foi muito corrido pra mim e, por isso, não tive como ler seu post ontem...
Você foi bárbara!
Prazer + Amor = União Perfeita!
Amei o post!
Bjs
Orgulho de Ser

Eduardo P.L disse...

Mylla,

ENCONTREI!
Como sugestão, não precisa aceitar, mas no dia da Tertúlia, vale a pena retardar novas postagens pelo menos por um ou dois dias! Muitas visitas acontecerão durante os poróximos dias!

Parabéns pela participação, mais uma vez!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...