13 maio 2009

13/05 - Abolição da Escravatura



Gostaria hoje de expressar aqui, o meu repudio a essa "mancha negra" na História do Brasil!
Os negros no Brasil, como todos sabem, foram libertos pela Princesa Isabel, de sua condição de escravos, pela promulgação da chamada "Lei Áurea", datada de 13 de Maio de 1888. Mas isso ocorreu somente no papel! Sim porque em algumas fazendas, a escravatura continuou e com ela os maus tratos, as torturas, os "troncos", aos quais os negros eram amarrados iguais a animais e impiedosamente açoitados. As vezes por delitos nem tão graves e que poderiam ser punidos de outra forma menos violenta. Ou nem mesmo punidos. Os Senhores da Fazenda, se intitulavam muitas vezes "Deuses".
Por isso haviam tantas fugas, tantos "quilombos" espalhados pela floresta. Os negros almejavam a famosa "liberdade". Cansados que estavam de sua vida tão atormentada nas senzalas das fazendas.
Um ponto que precisava ser discutido antes da promulgação da lei, era onde alojar tantos "escravos" após à sua libertação. Visto que, quando libertos, muitos foram embora, largando tudo para trás... comemorar a libertação e depois não tinham lugar para morar e nem para comer. A situação de penúria, o descaso do Império para com eles era gritante! De que adiantava a libertação se não havia uma política decente para eles? Teria que haver um lugar para alojá-los, um emprego remunerado, para que começassem uma nova vida na cidade!
Por isso, após a libertação, muitos negros ainda preferiam permanecer dentro da fazenda. Os Coronéis não mais podiam maltratá-los. De escravos, passaram a ser assalariados, mas ainda tinham um teto para morar.
Devido a essa "mancha negra" dentro da História do Brasil, podemos dizer que, nosso povo é uma miscelânea de raças: desbravadores (portugueses, holandeses, franceses, italianos, japoneses, ingleses, etc), com índios e negros.
Não poderia haver então no Brasil, o preconceito da cor! Quem de nós poderia dizer que é mais importante que o outro, mais rico, mais pobre, pela cor de sua pele somente? Se somos, nós brasileiros, uma miscigenação só? Esse preconceito é uma forma mesquinha de segregar pessoas. Uma forma ineficaz de tentar separar aquilo que está entranhado dentro de nós. Em cada um de nós, brasileiros, há resquícios de sangue negro ou índio! É um erro pensar que tendo o preconceito da cor, vamos nos tornar mais "puros" diante dos olhos de outras pessoas!
Perante a Deus, Nosso Pai, somos todos iguais! Não há raça, não há cor, que separe cada um!
Não temos muito o que comemorar nesse dia, visto que ainda há situações de escravidão espalhadas pelo esse Brasil afora. Mas podemos comemorar situações isoladas de reconhecimento à contribuição dos escravos.
Há muito o que se melhorar no Brasil ainda... Principalmente quanto ao preconceito e ao racismo... Mas isso ainda vai levar um certo tempo!!!

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...