20 junho 2009

BLOGAGEM COLETIVA - ORGULHO DE SER

http://www.youtube.com/watch?v=eVtK9wTZLz4

Essa música - Jeito de Mato - tem tudo a ver com o momento que estou vivendo agora. Estou de volta a cidade onde nasci, depois de 5 anos fora.
Cheguei em Janeiro a Viçosa (MG) para ver a minha família que mora aqui (mãe, filho e irmãos) e aqui fiquei...
Por aqui encontrei uma pessoa muito especial... Aliás, reencontrei... Depois de muito anos... Eu e ele estamos juntos há 2 meses... Dois meses muito especiais... Estamos nos conhecendo ainda... E espero ficar com ele o resto da minha vida...
E essa música tem um verso que fala: "De onde vem esses olhos tão tristes..."
Meus olhos são tristes, não porque eu queira, mas porque a vida me fez assim...
Eu me identifico com ela... Ela me traz muitas lembranças boas... Lembranças desse momento lindo que estou vivendo agora...

Jeito de Mato - Paula Fernandes e Almir Satter

De onde é que vem esses olhos tão tristes?
Vem da campina onde o sol se deita.
Do regalo de terra que teu dorso ajeita.
E dorme serena, no sereno e sonha.

De onde é que salta essa voz tão risonha?
Da chuva que teima, mas o céu rejeita.
Do mato, do medo, da perda tristonha.
Mas, que o sol resgata, arde e deleita.

Há uma estrada de pedra que passa na fazenda.
É teu destino, é tua senda onde nascem tuas canções.
As tempestades do tempo que marcam tua história,
Fogo que queima na memória e acende os corações.

Sim, dos teus pés na terra nascem flores.
A tua voz macia aplaca as dores
E espalha cores vivas pelo ar.
Sim, dos teus olhos saem cachoeiras.
Sete lagoas, mel e brincadeiras.
Espumas, ondas, águas do teu mar...

ahhhh ê laiá...

Há uma estrada de pedra que passa na fazenda.
É teu destino, é tua senda onde nascem tuas canções.
As tempestades do tempo que marcam tua história,
Fogo que queima na memória e acende os corações.

Sim, dos teus pés na terra nascem flores.
A tua voz macia aplaca as dores
E espalha cores vivas pelo ar.
Sim, dos teus olhos saem cachoeiras.
Sete lagoas, mel e brincadeiras.
Espumas, ondas, águas do teu mar...

ahhhh ê laiá....

De onde é que vem esses olhos tão tristes?
(De onde é que vem esses olhos tão tristes?)
Vem da campina onde o sol se deita
De onde é que salta essa voz tão risonha?
(De onde é que salta essa voz tão risonha?)
E dorme serena, no sereno e sonha.
(De onde é que vem esses olhos tão tristes?)
Dorme serena e só....


Fonte: www.youtube.com

e www.vagalume.uol.com.br

8 comentários:

Nade disse...

Adoro esta música! Ela faz parte da trilha da novela "Paraíso" e toda vez que toca, não tem como não prestar atenção na melodia...
Baixei esta música e, uma vez ou outra, escuto pois a letra é linda demais!
Que história linda a sua, menina! Torço pra que dê muito certo e que seja muito, mas muito feliz!
Obrigada por participar da Coletiva, viu!
Grande beijo!

MEUS PENSAMENTOS disse...

bela tua musica e estoria estou torcendo por vc mylla seja feliz!

tonhOliveira disse...

Uma linda história de AMOR!

Linda música!

Esta volata as origens é fantástica...

"Me deu inveja"...
Parabéns e beijos!

Susana disse...

Que linda canção e bela História de amor. Combinam muito bem!

Não conhecia e tive um enorme prazer de escutar a sua música. Parabéns pela escolha!

Bjs Susana
( Eu também participo na aldeia da minha vida. Convido-ie a espreitar)

Anônimo disse...

Oi Flor!

Estou muito longe da blogosfera, mas tive saudades de vc e seu blog e passei prá deixar um super beijo e desejar sucesso nesse lindo espaço e na sua vida!

Fique com Deus!!

Bjs!

Ester

Ester disse...

Oi Flor!

Estou muito longe da blogosfera, mas tive saudades de vc e seu blog e passei prá deixar um super beijo e desejar sucesso nesse lindo espaço e na sua vida!

Fique com Deus!!

Bjs!

Ester

Nana disse...

Adoro histórias de amor!!!!
Linda musica

Tucha disse...

Interessante como a gente pode se identificar tanto com uma música. Milton já cantava... Como não fui eu quem fiz...
Mantenha o seu jeito sereno e a fidelidade as raizes!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...