02 novembro 2009

ECOLOGICAL DAY


Vou falar de animais ameaçados pela fúria assassina dos homens.

O Tigre de Bengala, um dos símbolos da Índia está desaparecendo num ritmo acelerado demais! Dos 40.000 espécimes que sobrevivem nas florestas indianas há um século, hoje restam apenas 1000. Em Julho, noticiou-se que a maior reserva natural da Índia, O Parque Nacional de Panna, NÃO TEM MAIS NENHUM DOS 24 TIGRES QUE ABRIGAVA ATÉ 2006. Em 2004 desapareceram os últimos tigres da maior das reservas indianas, O Parque Nacional de Sariska, e segundo relatórios de organizações ambientais, o mesmo está ocorrendo no Parque de Sanjay.
O motivo para o sumiço dos animais é um só - a ação implacável dos caçadores.
Vender um tigre aos pedaços pode render até 50.000 dólares! O principal destino dos tigres mortos é a China, onde persiste o costume de usar partes de animais selvagens na medicina, a chamada opoterapia.
Muitos chineses acreditam que os ossos dos tigres têm propriedades anti-inflamatórias e os testículos, servidos à mesa, seriam poderosos afrodisíacos.
Os parques nacionais indianos foram criados nos anos 70 justamente com o objetivo de evitar a caça indiscriminada aos tigres. Durante um tempo, deu certo. Em uma década, a população de tigres saltou de 1800 espécimes para 4000. De lá para cá, porém, a sanha dos caçadores aumentou e o comércio de animais cresceu associado aos cartéis do tráfico de drogas.
Desde os tempos ancestrais o homem teme os animais predadores. Ainda hoje há registros de ataques frequentes a humanos. Acredita-se que estes ataques ocorram por dois motivos:
1 - O avanço das populações sobre seu território;
2 - Redução do número de suas presas naturais, como gazelas e antílopes, em consequência da caça e da devastação da vegetação.
Nenhum animal, porém, se compara ao ser humano na voracidade em caçar outras espécies, mesmo que elas se encontrem sob risco de desaparecer no planeta. "As principais causas da extinção de animais são direta ou indiretamente ligadas ao homem, como a destruição dos habitats, a introdução de espécies que desequilibram os ecossistemas e a caça." - disse o biólogo equatoriano Arturo Mora da International Union for Conservation od Nature, sediada na Suíça.


Fonte: Revista Veja, 29 de Julho de 2009


Este texto faz parte do Ecological Day que foi criado pela Sonia Mascaro do blog Leave of Grass
e que agora o hospedo!!!

4 comentários:

Maria Augusta disse...

Mylla, pois é, a ganância humana não respeita as outras espécies, e no entanto todas são necessárias para o equilíbrio do planeta. Será que um dia este comportamento vai mudar? Espero que sim.
Um abraço.

sonia a. mascaro disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
sonia a. mascaro disse...

Mylla, a lista de animais em extinção e em perigo é muito grande. O que é mesmo muito triste.
Obrigada por hospedar o Ecological Day!
Um abraço.

PS: Enviei ontem um e-mail para você, avisando que o link ao Leaves of Grass não está funcionando, dá página não encontrada. O link certo é esse: http://leavesgrass.blogspot.com

Embora o nome do blog LEAVES OF GRASS tenha a palavra OF o link é sem o OF. Talvez venha daí a confusão.
Agradeço a correção.

Sandra disse...

Mylla!
Embora não estando na lista eu vou oltar depois e postar no blog Uma Interação de amigos.
Tinha feito a minha inscrição. Vejo que não está na lista.
Mas tudo bem...
Depois posto. Passe lá veja. Pode ser amanhã. Fiquei sem postar por que conhecidou com outra. E eu não estava em Jaraguá do Final de Semana.
Como amanhã faço cirurgia, postarei depois.
Ainda hoje terá o meu poster.
Bjs.
Sandra

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...