24 setembro 2013

MINHA VELHA CASA NOVA...


Essa para os amigos da blogosfera é a minha casa... O meu quarto é a terceira janela da casa... Ela tá velhinha tadinha (literalmente "caindo aos pedaços") O meu quarto tem parede mofada pela chuva!
No quarto do meu irmão - caiu um pedaço do teto; na sala fronteira à meu quarto o teto também caiu!
Estamos tentando vendê-la, mas esses construtores de hoje querem mesmo é lucrar nas costas da gente!
Querem comprar por uma ninharia e depois da casa derrubada, lucrarem em apartamentos e lojas!
Assim não dá... Somos muitos irmãos... Passei praticamente a minha vida toda nessa casa... Saí em breves momentos, mas eu sempre voltei pra minha velha casinha!
Quem está na janela, é um dos meus irmãos...
Essa casa tem o pé direito bem alto e suas paredes eram cobertas de papéis de parede até o teto! Cada quarto tinha um papel de parede diferente! Havia um, que eu amava... Era o da sala de jantar: imensas rosas vermelhas! Mas que com o passar do tempo, tornaram-se rosas, pois desbotaram... Essa casa deve ter mais de 100 anos... Herança da minha bisavó que veio da França. Meus pais falavam que foi  no lombo do burro!
Temos duas salas imensas... A principal para receber as visitas e uma em que havia uma pia - era a sala de "jantar" da casa! O piso é de tábua corrida, que foi sintecado recentemente, para melhorar a aparência da casa e não precisar "encerar" toda semana... Mas ainda lembro de minhas irmãs de quatro no chão passando cera e meu irmão acima de mim, dando brilho com o escovão...
São muitas as histórias dessa casa gente!
Dariam certamente um livro...
Mas de uma coisa eu sei... Não quero vê-la no chão, por isso quando da venda da casa, quero comprar uma casa bem longe dela... Seria-me muito doloroso ver parte de vida ser derrubada no chão...
Da casa antiga pouca coisa resta: portas, janelas de madeira boa, e um lustre que fica na sala, que já é meu...
O restante foi separado entre os herdeiros antigos ou se perdeu no tempo!
Saudades da minha mãe fazendo café de manhã... Ou fazendo doce no fogão... pequenina e atarracada, mas imensamente querida... D. Chiquita (era assim que todos a chamavam!)

Foto: Herta Scarasia

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...